CONFIRA

Dos dez trabalhos de Iniciação à Pesquisa mais bem avaliados do Conpeex, sete são da FACE

PRPI divulga lista dos trabalhos mais bem votados no geral e nas grandes áreas do conhecimento.

A Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PRPI-UFG) divulgou nesta segunda-feira (26/10/2020) a lista de trabalhos de iniciação à pesquisa mais votados durante o Seminário de Iniciação à Pesquisa da UFG, realizado dentro do 17º Conpeex. Dos dez trabalhos mais bem avaliados, sete são de estudantes da FACE orientados por professores da unidade acadêmica.

O resultado já havia sido divulgado na sexta-feira (23), mas foi retificado, pois decidiu-se acrescentar na divulgação os trabalhos mais votados nas oito grandes áreas do conhecimento. Na área das Ciências Sociais Aplicadas, o trabalho da Raquel Aquino, com orientação da professora e vice-diretora da FACE, Andréa Lucena, ficou em primeiro lugar. Obtendo o segundo lugar no rank geral dos trabalhos mais votados.

A discente, Raquel Aquino, explica que seu trabalho agregou duas áreas de conhecimento importantes, o economia internacional e o desenvolvimento regional, trazendo bagagem para os estudos que abrangem essas áreas. “Além de fazermos uma análise descritiva, a análise estatística trouxe uma ampla visão sobre os resultados encontrados”, explica a aluna. A professora Andréa Lucena reforça que os orientadores da FACE são pesquisadores experientes e comprometidos com a atividade de iniciação à pesquisa, o que de certa forma, se confirma com o resultado obtido. “Eu acredito que a iniciação à pesquisa é uma atividade extremamente relevante que forma os futuros pesquisadores”, complementa a vice-diretora.

Um destaque deve ser dado à professora Flávia Rezende, que obteve dois trabalhos orientados por ela entre os dez melhores do Seminário de Iniciação de Pesquisa Científica. Em terceiro lugar, com o trabalho da Bruna Mota, e em sexto lugar com o trabalho do Matheus Reis. Questionada sobre o compromisso da pesquisa com sociedade, a professora afirma não ter dúvidas que o incentivo à pesquisa seja vital para a todos, independente da área do conhecimento, pois somente por meio da pesquisa é que haverá uma sociedade mais justa, com oportunidade para todos. E conclui dizendo que “a pesquisa possibilita essa abertura da visão de mundo, e a Universidade tem um papel protagonista nesse cenário”.

            Além da professora Flávia, a professora Larissa Cardoso também teve dois trabalhos orientados por ela na lista dos dez mais votados, com o trabalho da Lara Maciel e do Leandro Rosário. Os professores Sandro Monsueto e Tiago Camarinha, também fazem parte da lista, como orientadores dos trabalhos da Ingrid Mendonça e da Samira Maia, consecutivamente.

 

Clique aqui para acessar a lista dos dez trabalhos mais votados.

Clique aqui para acessar a lista dos trabalhos mais votados pelas grandes áreas do conhecimento.

Fonte: Ascom FACE

Categorias: Conpeex 2020